Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Porque será que Jane Austen não descreveu as roupas das suas personagens?

 

Recomendo vivamente o livro de Linda Grant, A arte de vestir, da Civilização Editora, que li num ápice, sentindo-me muitas vezes identificada com a autora. Escrito na primeira pessoa, as incursões nas questões do vestuário são muito interessantes, por vezes divertidas, assumindo-se que a roupa traduz também a vida e os acontecimentos que se vão desenrolando, sendo assim uma linguagem que fala do que somos e do que nos acontece.

A autora faz duas referências a Jane Austen. Na primeira (Grant, 2009: 90, 91), referindo-se à forma como as riquezas da vida se podem perder, refletindo-se a penúria na vida e naturalmente no vestuário, alude ao romance de Edith Wharton, A Casa da Felicidade, descrição da riqueza e depois da pobreza, onde a personagem, Lily Bart, perdendo tudo, se vê condenada a aprender o ofício de chapeleira para sobreviver, oficio esse que, segundo Linda Grant, está muito próximo da prostituição. Nesse sentido, a autora salienta como essa realidade tenebrosa poderia também ter sucedido às irmãs Benett caso todos os projetos tivessem descambado.

Na segunda referência a Jane Austen (Grant, 2009: 144), Linda Grant afirma que esta nunca descreveu em qualquer das suas obras o vestuário das suas personagens. E acrescenta uma citação de Jane Austen que ignoro de onde a terá retirado, mas que poderá fazer luz sobre o pensamento da nossa Jane: “O vestuário é sempre uma frívola distinção e uma ansiedade excessiva a seu respeito destrói frequentemente o seu próprio fim” (Grant, 2009: 144),

Dei então por mim a pensar por que razão não terá Jane Austen descrito o vestuário das suas personagens. As razões podem ser múltiplas e no entanto, podemos sempre imaginar o que vestia Lizzie ou Emma. Nesses pormenores somos certamente ajudados pelas versões adaptadas ao cinema que conhecemos e que nos surgem à memória quando lembramos Lizzie ou Emma ou qualquer das outras. mas como as imaginava Jane Austen? Como estava vestida Anne no dia em que recebeu a carta do capitão Wentworth? Como estava vestida Lizzie quando percorreu os jardins de Pemberley com os tios? O que vestia Catherine em Bath e depois, na abadia de Northanger? O que vestia Louisa quando se atirou para os braços do capitão Wentworth, errando o alvo e depois caindo e ficando inconsciente num traumatismo cerebral do qual mais tarde acaba por recuperar? O que veste a ajuizada Jane Benett? E Lydia e Kitty, nas tresloucadas procuras de oficiais? Emma veste da mesma maneira que Harriet Smith ou não? E Elinor e Marianne e até Margaret? O vestuário reflete a personalidade das pessoas que o envergam ou é semelhante por está na moda e é o que é esperado? Podemos sempre imaginar, é certo, tendo assim milhares de possibilidades, mas talvez nenhuma seja aquela que Jane considerou quando as criou.

3 comentários

Comentar post