Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Northanger Abbey 2007

 

Confesso que a primeira vez que vi esta série não gostei particularmente, achei que não fazia jus à obra. Mas a verdade é que, quanto mais vezes a vejo mais gosto e ultimamente tenho criado uma grande paixão tanto por esta adaptação como pelo romance.

 

Escusado será dizer que, entre esta adaptação e a de 1986, esta está cem vezes melhor e mais rigorosa em relação à obra, para alem de gostar muito mais deste Henry Tilney do que do outro e o mesmo se passar com Catherine.

 

Esta adaptação consegue transportar para o ecrã os verdadeiros irmão Thorpe no seu melhor. Isabella foi terrivelmente bem interpretada. Eleanor Tilney mostrou-se no ecrã com a postura e doçura com que é descrita na obra. Henry Tilney está no seu melhor com J.J. Field, todo o "gozo" que faz com Catherine é genuíno e consegue ter aquele toque irónico e humorístico com o qual o romance nos apresenta.

 

Gostei muito de rever Sylvestra aqui no papel de Mrs. Allen, muito bem feito, a cena da corrida para os lugares no salão de Bath está hilariante. Também gostei muito da cena na ópera e das desculpas de Catherine por não ter cumprido com o acordado e ter faltado ao passeio. Os passeios com Eleanor e Henry também são muito enternecedores.

 

Ao contrario da versão de 86 que segue à risca o texto original da cena em que Henry apanha Catherine no quarto da mãe, nesta versão o texto é alterado e Henry não é tão duro com Catherine.

 

O fim desta versão é adorável, o pedido de casamento é "romantiquíssimo" e a atrapalhação do beijo final amorosa, digna da nossa heroína Catherine Morland! E com essa mesma última cena termino aqui o meu artigo.