Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Os criados nos tempos da Regência

A série Downton Abbey veio levantar a ponta do véu sobre a forma como viviam os criados no inicio do século vinte, dando-nos a conhecer os seus dramas e as suas próprias lutas. Esta não foi a primeira série a fazer isso. Contudo, na maioria dos livros clássicos que lemos os criados tem apenas um efeito decorativo, não dando qualquer contributo para o avanço da narrativa.

 

Na obra de Jane Austen encontramos algumas referencias a estes seres invisíveis, como em Orgulho e Preconceito, aquando da visita do Mr. Collins em que ele quer cumprimentar a prima que cozinhou e Mrs. Bennet mostra-se algo ofendida ao responder que têm dinheiro para manter uma cozinheira. Mas já pensaram quantos criados podia uma família como os Bennet ter? Ou mesmo Lizzy após o casamento com Darcy?

Se já pensaram nisso, vejam este texto que encontrei referenciado no blog Jane Austen Today e que mostra quantos criados tinha uma casa de acordo com o rendimento que auferiam anualmente. O texto explica ainda a complicada hierarquia a que os criados estavam sujeitos. Podem ler aqui