Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Despertar para "Proua e Percunceito"

 

 

Foi com um misto de receio e expetativa que convidei o Fracisco Niebro para traduzir a obra mais conhecida de Jane Austen para mirandês. Com este convite, queria que a obra de Jane fosse ao encontro da língua mirandesa. Creio que entre elas existem grandes similitudes, designadamente, as características rurais, no sentido de estarem mais ligadas à parte rural e não tanto ao meio citadino, e até mesmo de aceitação. Mas, como tudo o que tem qualidade vinga, ambas aí estão marcando o seu percurso e lugar nas respetivas histórias e categorias.

 

Aquela que é a segunda língua de Portugal, empresta agora a sua voz especial a "Orgulho e Preconceito". A sua sonoridade particular faz lembrar o castelhano e baralha os ouvidos; faz eco na cabeça quando procuramos encontrar as palavras já tão conhecidas. Mas assim que nos concentramos, ela revela-se clara e nítida. É Jane Austen em mirandês.

 

Para melhor conhecer e absorver esta língua, nossa língua, nada melhor do que abordá-la através de uma obra que se gosta. São estas as razões que me levaram a tomar coragem e a abordar o Fracisco, desafiando-o descaradamente para este projeto do "JAPT". Para minha grande surpresa, o convite foi aceite com entusiasmo. Assim, há já algum tempo que este escritor e tradutor mirandês colabora connosco com trabalho dedicado, de grande qualidade e rigor, como é seu cunho em tudo o que faz.

 

Todavia, este projeto não é estático, nem fechado e muito menos exclusivo. Por isso, a tradução de "Orgulho e Preconceito" para mirandês está também a decorrer no blogue "Na Sombra dos Livros", pela pena do mesmo tradutor. Felicito a autora pela visão demonstrada ao adotar e acolher este lindíssimo projeto. A tradução, naquele blogue, conta agora com o primeiro capítulo.

 

Aos dois autores, da tradução e do blogue, os meus sinceros agradecimentos pelo acolhimento deste romance de Jane Austen na língua mirandesa e pela língua mirandesa. Gostaria, pois, de deixar mais um desafio ao Fracisco Niebro: a tradução dos restantes romances de Jane Austen. Às editoras deste país, deixo outro: que peguem nesta tradução e a transformem num livro para todos os colecionadores das obras de Jane Austen, para todos os mirandeses e para que o público em geral fique e conhecer um pouco mais sobre a nossa segunda língua.

 

Buonas lheituras, melhores çcubiertas!

 

 

 

4 comentários

Comentar post