Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Sugestões do mês de Julho # 3

No post relativo ao mês de Julho, indiquei o filme "O véu pintado". Um excelente filme que já tinha sido indicado no mês anterior. Só podemos concluir que o filme é mesmo bom, uma vez que é sugerido por duas pessoas.

 

Assim, e por forma a colmatar esta repetição, deixo, em substituição daquela, a sugestão do filme "Finding Forrester". Não é um filme brilhante, mas tem dois desempenhos bons, entre eles o de Rob Brown, um actor revelação que interpreta o jovem Jamal, e uma bonita banda sonora.

 

 

Poster de «Descobrir Forrester»

 

Jamal (Rob Brown) é um jovem de 16 anos que vive nos subúrbios do Bronx. Apaixonado pela literatura, tenta, a todo o custo, esconder este seu fascínio pelas letras. Escreve em caderninhos às escondidas dos amigos e da família. Por uma questão de aceitação, faz de propósito para ser um aluno médio, com notas suficientes apenas para passar. No basquetebol, é, ao contrário, uma estrela.

 

Um desafio dos amigos que se vê obrigado a aceitar leva-o a casa de William Forrester (Sean Connery), um escritor refugiado do mundo no ... Bronx! William surpreende Jamal que, com o susto, foge deixando para trás a sua mochila. Mais tarde William vê Jamal no campo de basquetebol, em frente à sua casa, como que a tomar coragem para voltar a subir com o objectivo de recuperar a sua mochila agora pendurada, em forma de estandarte, na janela do escritor. William resolve atirá-la. E, para espanto de Jamal, os seus caderninhos estão todos revestidos de notas feitas pelo próprio Wiliiam Forrester. Jamal ganha, então, coragem para pedir conselhos a William sobre a sua escrita.

 

William enceta uma viagem com Jamal pelo mundo das letras e da amizade. William ensina Jamal a encontrar o seu caminho na vida através da literatura e Jamal ajuda William a encontrar novamente uma razão para viver.

 

É uma história linda sobre um jovem talento preso no Bronx e um escritor prisioneiro dos seus receios e estigmas. Uma lição de que a amizade não escolhe idades nem condições sociais.