Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Lost in Austen portugal # 7

 

 

 

Henrique era o exemplo do que um homem normal deve ser. Talvez não. Não existem Hoje no mundo homens como Henrique, ou os que existem estão disfarçados, não é políticamente correcto ser-se um homem normal.

Henrique era culto e inteligente, mas descontraido. Era uma pessoa confiante, extrovertido, tinha amigos e gostava de futebol!

Para Henrique o mundo era um local simples e fácil.

 

Pelo menos antes deste afastamento de Cecília, porquê? Será tão complicado assim? Não fazia sentido na sua cabeça que as pessoas criassem muros que não existem. 

 

Cecília fora sempre sua amiga, uma amiga muito querida, mais tarde começaram a namorar, anos a fio estiveram juntos. Ele não sabia viver sem ela, e agora era-lhe pedido que o fizesse! Cecília via sempre o lado negro das coisas, e essa falta de esperança face à vida divertia-o, ajudava-o a encontrar o seu lugar na vida dela. Ele sentia-se necessário para a fazer feliz. Para tudo o resto Cecília era auto-suficiente, a morte dos pais ensinou-a a ser capaz, adulta, responsável! Vivia num mundo em que não havia espaço para incertezas.

 

Ele queria tanto derrubar estes muros, construir um futuro, queria tomar Cecília para si e ser feliz num conjunto! Dar-lhe um pouco daquilo que lhe faltava..  Para Henrique a divisão entre os géneros fazia sentido, ele acreditava que"no casamento um homem deve prover" o suporte "a uma mulher, e esta deve tornar a casa agradável".

 

 

 

 

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post