Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Lost in Jane Austen Portugal - #1

 

 

 

Metade de mim é angústia, outra metade é esperança. Esta é a minha dualidade. Caminho neste corredor de infinitas portas e um sem fim de possibilidades. A incerteza é o combustível que retrai o meu interior e, em simultâneo, empurra-me para continuar a persistir. Eu queria que entendesses isto, que há decisões que têm de ser tomadas. Há que ter coragem de lutar. Espero que compreendas o que me move e o que me faz dizer-te estas coisas. É este sentimento que carrego nas mãos. 

 

Enquanto ela escreve tudo isto pensa que os seus sentimentos e os seus pensamentos são intraduzíveis. Por muito que tente, convence-se que este conjunto de palavras não são serão inteligíveis. “Será que tu entenderás?”, questiona-se. A folha de papel não lhe responde e os seus olhos ficam suspensos no ar, perdidos. Ela olha para as suas mãos calejadas, as mesmas que escreveram aquela carta, as mesmas que trabalham arduamente todos os dias. Ela olha para as suas mãos e pensa que há certas angústias que são profundas demais para serem vividas. Caminha em direcção a janela, em direcção a si mesma reflectida no vidro e vê que a esperança impede a corrosão da dúvida mas impele-a ao desassossego. 

6 comentários

Comentar post