Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jane Austen Portugal

O Blogue de Portugal dedicado à Escritora

Fanny Price #1

"Fanny Price tinha nesta ocasião justamente dez anos e embora à primeira vista sua aparência não fosse muito cativante, não tinha, pelo menos, nada que pudesse desgostar os parentes. Era pequena para a idade, de compleição pouco atraente e sem nenhuma beleza especial; excessivamente tímida e acanhada, retraia-se por qualquer observação. Sua aparência, embora desajeitada, não era vulgar; a voz era doce e, quando falava, sua fisionomia se tornava bonita.

(...)

 

A pequena visitante, por esse tempo, sentia-se tão infeliz quanto é possível. Com receio de todos, envergonhada de si própria e com saudades da casa que deixara, não tinha coragem de levantar a cabeça e mal conseguia murmurar as palavras sem chorar. Mrs. Norris, durante a viagem, desde Northampton, veio lhe falando de sua sorte incomparável e da gratidão e do bom comportamento que ela deveria ter por isso mesmo, de forma que a consciência de sua própria miséria aumentou com a idéia de que por causa disso não poderia ser feliz. O cansaço, também, de uma viagem tão longa em breve não se tornou menos doloroso. Em vão foram as bem intencionadas amabilidades de Sir Thomas e todos os prognósticos de Mrs. Norris de que ela seria uma boa menina; em vão Lady Bertram sorriu e fê-la sentar-se ao seu lado no sofá e em vão foi, até, a vista da torta de groselha para confortá-la; mal pôde engolir dois bocados e irrompeu em soluços; levaram-na então para a cama o amigo sono terminou suas tristezas."

 

A primeira imagem que temos de Fanny é esta: uma pequena, assustada e frágil criança. Ela chega a uma casa sumptuosa e se vê no meio de familiares que não conhece. Tudo é demasiado grande e assustador. Parece que não há nenhum lugar no mundo onde possa se refugiar. Através destas linhas, vemos o começo da história de Fanny. Ela é enviada pela mãe, Mrs. Price, para a casa dos tios em Mansfield Park; sobretudo, devido a falta de condições de sustentar todos os seus filhos. Mansfield Park representava bem-estar, dinheiro, posição social e modos refinados. Acredito que estes eram conceitos um tanto ao quanto ausentes para Fanny. Para ela, naquele momento as saudades de casa e da família ultrapassavam todos os benefícios que poderia vir a usufruir.